Jaquetas: modelos para não errar no look casual

Com a época mais fria do ano chegando, um tipo de peça que não pode faltar no nosso guarda-roupa é a jaqueta. Além de nos proteger das baixas temperaturas, claro, ela pode dar ao nosso visual um incremento de sofisticação e/ou personalidade.

Existem vários tipos de jaqueta, que podem compor trajes do estilo esportivo a um casual mais alinhado – falaremos sobre as melhores opções para roupa social futuramente. Para te ajudar na escolha, destacamos algumas opções que vão cair bem na maioria das situações.

1 – Jaqueta trucker (jeans)

Um clássico da moda masculina e peça atemporal, a jaqueta jeans (especificamente o modelo trucker) possui como características marcantes os dois bolsos frontais na altura do peito, com o formato das imagens abaixo, e os botões de metal.

Extremamente versátil, funciona bem com quase todos os tipos de camisa, calça e tênis ou botas. Um detalhe importante é que a jaqueta jeans costuma ser a peça principal do look, então cores neutras nos outros itens – preto, branco, tons terrosos etc. – são ótimas escolhas para fazer esse destaque.

Mas podemos usar jaqueta e calça jeans juntas? Claro que sim, principalmente se forem de tons e/ou lavagens diferentes. Contraste é algo para sempre se levar em conta.

2 – Jaqueta bomber

Uma jaqueta bomber é facilmente reconhecida pelo elástico nas regiões da gola, dos punhos e da barra – o que impede a passagem do vento o corpo –, além do zíper frontal e dos bolsos em faca nas laterais e (e às vezes nos braços também).

Em termos de material, o mais comum é nylon, mas também podemos encontrar de poliéster, camurça e couro – sendo estas duas mais recomendadas para locais de frio mais intenso.

Modelos de jaqueta bomber mais leves combinam até mesmo com calças esportivas – jogger, por exemplo –, e os mais alinhados (tons neutros, principalmente) podem até ser usados no escritório caso a empresa não tenha um dress code rígido. Vale o bom senso.

3 – Jaqueta de couro

Outro ícone da moda masculina, também atemporal, a jaqueta de couro pode acrescentar bastante personalidade ao nosso visual, sobretudo o modelo perfecto – à esquerda na imagem abaixo –, com lapelas e zíper transversal. Outros estilos, mais minimalistas, carregam um grau maior de alinhamento, combinando bem com sapatos.

Existem vários tipos de couro, naturais e sintéticos, mas em geral esse tipo de jaqueta esquenta bastante, então pense bem onde você vai usá-la para não gastar dinheiro à toa. No Rio de Janeiro, por exemplo, ela vai ficar ocupando espaço no armário – experiência própria!

O mais importante: CAIMENTO

Sendo a jaqueta que for, é essencial que ela esteja bem ajustada ao seu corpo. As ombreiras precisam ficar alinhadas, sem sobras nas pontas. As mangas não podem estar nem curtas no pulso nem cobrindo as mãos, e a barra tem que terminar na altura da cintura, geralmente sobre o cinto – algumas jaquetas jeans e de couro podem ficar um pouco acima.

Outra dica importante é deixar a jaqueta aberta e explorar as possibilidades do uso de camadas, como na imagem de capa deste artigo. Até no inverno rigoroso, quando abrir a jaqueta na rua simplesmente não é uma opção viável, o conceito de camadas se aplica aos ambientes internos que possuem aquecedor.

22 thoughts on “Jaquetas: modelos para não errar no look casual

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.