Blazer: peça indispensável no guarda-roupa masculino

Clima frio, home office e casacos de moletom: uma combinação que funciona muito bem quase sempre. Mas e quando, do nada, surge uma reunião mais formal ou até uma entrevista de emprego? Precisamos estar prontos para subir o nível de elegância, correto? É aí que o blazer entra na jogada.

O blazer é uma peça fundamental para se ter exatamente pelo poder que ele possui de elevar o nível do seu look, seja ele do casual ao social (com peças esportivas não, por favor…). Até uma simples camiseta branca com um blazer por cima ganha outro aspecto.

Facilmente confundido com paletós de ternos – o que faz sentido pela semelhança –, os blazers trazem um nível de formalidade um pouco abaixo, sendo bem versátil – vai bem com tênis, inclusive. E a melhor forma de não causar confusão no seu visual é utilizar o blazer de uma cor diferente da calça. Assim fica clara a sua intenção.

Pontos a serem observados ao escolher um blazer:

  • Caimento (sempre ele!): A largura dos ombros é o mais importante a ser observado – nada sobrando nem apertado. Os comprimentos da manga e da barra devem ser ajustados às suas medidas. Muitas lojas já incluem o serviço do alfaiate.
  • Tecido: A variedade é grande, e a escolha passa por fatores como temperatura e umidade onde você vive, os tipos de combinações de peças que você pretende fazer com ele e preço. De uma forma geral, dê preferência a tecidos naturais, como a lã fria.
  • Cor: azul-marinho é a melhor opção para quem vai adquirir o primeiro blazer, mas tons de cinza e terrosos também proporcionam muitas possibilidades. Os mais ousados podem optar por outras cores – branco, azul claro, verde, rosa etc. Cuidado com o preto, pois está no topo da formalidade (campo do paletó).

Exemplos do uso do blazer:

Com camisa social e sobreposição utilizando o suéter (centro), passando de um look com mais personalidade (esquerda) a um mais apropriado para escritório (direita).

Composições casuais, com camiseta e jeans, perfeitas para climas mais amenos e ocasiões informais em que você queira agregar sofisticação.

Posso usar um paletó como blazer?

Até pode, mas com o uso e lavagens mais frequentes do que a calça, a tendência é de que se desbote mais e fique inviável voltar a utilizar as duas peças juntas. Como o costume (conjunto do paletó com a calça) geralmente é mais caro do que o blazer, muita gente prefere não misturar. Mas há quem goste tanto de determinado tipo de corte e tecido que prefere gastar mais. Não existe certo ou errado… apenas questão de prioridade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.