Surgimento de estrias: o que fazer?

Mais frequente nas mulheres, porém presente nos homens. Aquelas marcas indesejadas podem aparecer em diferentes lugares do corpo e lá ficam eternamente. Mas por quê? É possível acabar com elas? Vamos entender todo o processo.

O que são estrias e como elas surgem?

Da forma mais didática possível, estrias são tipos de cicatrizes na pele, que aparecem em decorrência do rompimento das fibras elásticas e do colágeno naquela região. Isso acontece quando a pele estica ou encolhe rápido demais. No caso masculino, os casos mais comuns são:

  • Crescimento acelerado durante a adolescência, geralmente nas costas e/ou nas coxas;
  • Ganho ou perda de peso de forma intensa, mais evidente no abdômen, nos quadris e nas nádegas;
  • Ganho rápido de massa muscular (hipertrofia), afetando mais os grupos mais trabalhados – peitoral, ombros e braços, quase sempre.

Inicialmente, a estria aparece num tom entre rosado e roxo, dependendo da tonalidade da pele, ligeiramente mais alta. Com o passar do tempo, ela vai se tornando branca ou incolor, um pouco mais funda que o restante da pele.

É possível prevenir e/ou tratar?

Por mais que você hidrate a pele se estiver em um dos casos citados acima, não existe garantia de que as estrias deixarão de surgir. O fator genético tem influência também. Prevenir, portanto, não é muito viável.

Em relação a tratamento, é preciso ser rápido e agir enquanto o processo inflamatório ainda está ocorrendo (fase avermelhada). Quando as estrias chegam ao estágio esbranquiçado, as rupturas das fibras estão concluídas e já não é mais possível recuperá-las.

As melhores opções de cremes são as que contêm:

  • tretinoína, também conhecida como ácido retinóico (derivado da vitamina A);
  • ácido glicólico (derivado da cana-de-açúcar);
  • vitamina C.

Existem também procedimentos estéticos que podem dar resultado, isoladamente ou em conjunto: peeling químico, microdermoabrasão, radiofrequência, microagulhamento e alguns tipos de laser. Consulte seu dermatologista para receber orientação adequada ao seu caso.

Outro cuidado importante é com a exposição ao sol, pois pode causar manchas e atrapalhar o processo de recuperação das estrias vermelhas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.