Shampoo para barba é realmente importante?

A barba, apesar de ser um diferencial na estética masculina, muitas vezes é negligenciada em relação aos cuidados específicos. Sim, a barba e o bigode exigem um cuidado especial que muitas vezes o público masculino desconhece.

E vamos começar pelo básico: um shampoo específico para barba realmente importa? É comum o relato de pessoas que utilizam shampoo de cabelo ou até mesmo sabonetes na higiene da barba. Porém, é um equívoco achar que a barba é igual ao cabelo ou que deve ser tratada com tanta simplicidade.

Qual a diferença entre o cabelo da cabeça e a barba?

A principal diferença entre o cabelo da cabeça e da barba é a sua textura. Os fios da barba são normalmente mais espessos e ressecados, o que exige um tratamento especial para que conservem o brilho, maciez e um bom volume.

Não se sabe se essa mudança de espessura se trata do constante processo de raspagem. Apesar de ter esse imaginário, hoje é muito discutido se raspar a barba realmente engrossa os fios. Aparentemente, pode ser uma característica biológica dos fios da região do rosto, assim como de outras regiões do corpo. Além disso, a velocidade no crescimento também é uma diferença entre os fios da cabeça e da barba, sem ter associação com a frequência na raspagem.

E obviamente, essas distinções podem variar entre pessoas, características étnicas, diferenças hormonais, número de receptores hormonais e, claro, no tratamento com substâncias que estimulem o crescimento.

Mas por que devo utilizar um shampoo específico para barba?

Diante das diferenças mencionadas anteriormente, o shampoo acaba tendo propriedades importantes para o tratamento da barba.

Primeira coisa está justamente na característica mais seca da barba, o qual possui uma hidratação natural do corpo que é a oleosidade dos poros. A oleosidade dos poros, que dá aquela sensação de má higiene, tem uma função que é a hidratação natural ao longo dos fios. Então se a barba apresenta uma aparência mais seca, é justamente por conta da insuficiência desses poros em liberar grandes quantidades de sebo. O couro cabeludo já possui uma eficiência maior na liberação de sebo, por isso é mais fácil ter uma aparência oleosa e suja.

Dessa forma, os shampoos de cabeça são quimicamente manipulados para serem extremamente eficientes na eliminação de gorduras, uma vez que são feitos diretamente para o couro cabelo. Quando usado na barba, podem tirar de maneira excessiva a oleosidade e deixando-a ainda mais seca e com aspecto de desidratação.

A má higiene da barba associada a uma limpeza esporádica com um shampoo de cabeça pode levar ao surgimento das caspas na barba, que aparecem diante de uma situação de muita secura.

O que pode acontecer se eu não higienizar a barba?

Bom, primeira coisa que pode ser prejudicial para sua vaidade é o odor. A ausência de higiene na barba pode levar a um cheiro desagradável, especialmente em uma região próxima ao nariz de outras pessoas (pense você levando sua barba com odor desagradável ao rosto de outra pessoa). Esse odor cumulativo tem como primeiro foco a alimentação frequente, que entra em contato com a barba e, dependendo do tipo de alimento, como aqueles gordurosos, não sairão apenas com água. Além disso, o cheiro pode acumular por outros motivos, como utilização de cigarros, impregnando e incomodando quem estiver próximo.

Além da questão do cheiro, o ambiente de falta de higiene propicia a infecção e surgimento de lesões na pele. Em um primeiro momento, poderá aumentar a coceira, irritação, surgimento de acnes e outras inflamações de poros. A utilização do shampoo eliminará a oleosidade e obstrução desses poros, diminuindo as infecções, bem como trará um ambiente limpo, com diminuição da presença de agentes infecciosos. Como foi falado anteriormente, o shampoo pode contribuir na redução de caspas na barba, algo comum em algumas pessoas.

Ainda no sentido da inflamação, é muito comum uma extrema irritação da pele ao barbear, o que pode ser explicado pela presença dos agentes infecciosos diante de micro lesões geradas na passagem da lâmina. Desse modo, uma pele limpa, como consequência da utilização do shampoo, diminuirá a inflamação da pele e sua irritação no pós-barba. Inclusive, alguns shampoos contêm substâncias antioxidantes, como vitamina E e C, que ajudam na diminuição da inflamação dos poros.

Sendo assim, qual é sua desculpa para não investir em um shampoo de barba? É o primeiro cuidado que se deve ter com a barba. Não faz sentido usar um óleo ou um balm sem usar o shampoo. A longo prazo, isso pode não ser bom. Imagina, a oleosidade desses hidratantes mantidas na pele a longo prazo. Então invista em um shampoo específico para barba e inicie o cuidado do jeito certo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.